Já me apetece Natal!

Algures esta semana as redes sociais publicaram uma imagem com o count down para o Natal – uns 70 dias, agora um bocadinho menos – e a minha vontade foi ir à cave buscar as caixas com a decoração toda para fazermos a casa-natal (sim, eu sei que ainda é cedo).

É verdade que ainda não há Natal nas ruas, nem decorações nem luzes, mas por mim podíamos avançar e ir directos para os primeiros dias de Dezembro, com direito a música por todo o lado e enfeites e cores. 

Este ano acho que vai ser ainda mais especial, porque temos uma pequena piolha que já vibra, já canta, já se entusiasma, já diz “mamã Maria, papá José e bebé Jesus” quando vê um presépio (e nós temos vários), já sabe a “Pinheirinho” de cor.

Aos poucos vamos começar a explicar-lhe a magia do Natal. A família, o cheiro, os sabores, a importância de dar, o porquê de receber. Isto é de certeza um desejo de todos os pais, mas queremos controlar o consumo desenfreado de brinquedos, o dar, comprar. Se calhar vamos fazer bolachas para deixar em cima da mesa para o Pai Natal comer. Talvez seja a C. a por a estrela no topo da árvore. Se calhar vamos ter um pinheiro do Panda e dos amigos. A música há-de estar sempre no play, a lareira (se já a tivermos) acesa. Vou fazer filhoses. E um bolo de frutos vermelhos coberto de neve que vamos enfeitar com o veado e o ursinho pulga. Vamos estar todos juntos e não tarda é Natal outra vez.

2 Coisas dos outros

  1. Chega a ser assustador a forma como o tempo voa. Mas é delicioso partilhar esta quadra com uma criança em casa. Sem dúvida, que o Natal ganha uma magia especial quando se tem filhos.

    ResponderEliminar
  2. O tempo passa tão rápido que nem damos conta por ele a passar...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar