"Eu sou apenas a sorte de poder amar-te"

Gosto do Miguel Esteves Cardoso. Acho que escreve como quem fala e às vezes aprecio isso num escritor. Outras vezes gosto mais de quem escreve como quem pensa.

Este artigo foi publicado no dia dos namorados, Para a Maria João.

Decorei esta frase - eu sou apenas a sorte de poder amar-te. E acho que ele tem razão.


Para além do amor dás-me os dias de vida, cada um mais inteiro do que o anterior, ao ponto de limpar toda a saudade.
Para além do amor entregas-me o futuro, como a doçura de um momento seguinte que eu nem sinto chegar mas que à mesma me leva com ele. Para além do amor levas-me tu, para onde ninguém vai sozinho, pelo ar. 

1 Coisas dos outros

  1. este senhor acabou de produzir das maiores frases dos últimos tempos.

    ResponderEliminar