Pergunto-me se seremos todas assim...

Metemo-nos numa empreitada em casa que consistiu em remover totalmente dois armários embutidos de dois quartos, substituí-los por outros e colocar ainda, em três outras divisões, outros três armários.
Parecendo que não, foi obra para dois dias inteiros, toneladas de pó e tralha por todo o lado (para dar uma ideia, dormimos na sala duas noites).
Só passado uma semana do fim da obra consegui ter tudo organizado e arrumado em condições e, como tal, respirar de alívio.

Reconheço no entanto que obras de monta têm algumas vantagens (além da óbvia de ficarmos com coisas novas) e uma delas é sem dúvida passar em revista todas as coisas que temos guardadas e tivemos de tirar dos sítios. Permite i) encontrar coisas que não víamos há muito tempo e gostamos; ii) dar o que já não queremos; iii) deitar fora o que não presta. No fundo, destralhar, que é coisa de que gosto muito (e nem sempre pratico, shame on me).

O departamento mais afectado desta vez foi o das minhas carteiras. Consegui arrumar em grande escala e fiquei feliz com o resultado final. Ao vê-las em monte, antes de as arrumar devidamente no armário, pareceram-me ainda assim centenas. Mas ao arrumar, tive a alegre surpresa de verificar que são afinal 17. Tenho exactamente 17 carteiras, eu que sou a pessoa que se me perguntassem quantas carteiras tinha, diria que possivelmente umas 30.

17 carteiras parece-me um bom número: 
- São 2 shopers XL
- 4 mochilas
- 4 ou 5 carteirinhas (do tempo em que não tinha filhos)
- E meia dúzia de outras normais, do dia a dia.

O verdadeiro problema desta questão reside no entanto no facto de ter 17 carteiras e usar sempre a mesma!
Também acontece por aí?
Passam-se meses que não mudo, por nenhuma outra razão que não seja a preguiça. E eu nem carrego tanta tralha ao ponto de demorar horas a fazer a mudança. Simplesmente, tenho preguiça. Ou esqueço-me, pronto. Ou então vai-se a ver e aquilo que precisava mesmo era de um armário que as guardasse em condições de as ver todos os dias e me inspirar às trocas!


3 Coisas dos outros

  1. Achava eu que era um problema só meu mas, por um lado, fico feliz por perceber que afinal também há mais mulheres na mesma situação que eu. Semana passada reservei dois dias para destralhar muita coisa que havia cá em casa e passei as malas a pente fino. O que já não uso dei.
    O meu problema é exatamente o mesmo: sou capaz de andar meses a fio com a mesma mala. E desde que fui mãe, adoptei mais o estilo "mochila" no dia a dia. Mais prático e leva também as mesmas coisas.

    ResponderEliminar
  2. 17? E o marido que acha que eu tenho muitas! LOL
    Em boa verdade, fiz um filtro há cerca de um ano atrás e despachei umas quantas. Fiquei aí com umas 6, mas como tu, passo tempos infinitos com a mesma, por pura preguiça de ir buscar uma outra.

    ResponderEliminar
  3. Por aqui é exatamente o mesmo! Tenho várias mas ando sempre com a mesma (neste casos as mesmas - 2 mochilas!).
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar