Dermatite periorificial

Em Abril de 2016 foi-me diagnosticada uma "coisa parva" na cara (falei sobre ela aqui, utilizando precisamente este termo técnico) que me pôs a antibiótico nada mais nada menos do que nove meses.

Engravidei no ano seguinte e no último mês de gravidez, os sintomas que tinha tido anteriormente, estavam a repetir-se.

Confesso que deixei passar algum tempo mas quando me dignei a consultar um médico, estava já totalmente certa do diagnóstico. Desta vez tem um nome mais pomposo mas está de volta em todo o seu esplendor. Obrigadinha, pele da cara.

Estando eu a amamentar uma criança de um mês, a opção antibiótico estava totalmente fora de questão, pelo que me foram receitadas coisas várias para pôr na cara e entregue uma lista de alimentos que não posso comer porque irritam a pele.

É com grande tristeza, revolta e pesar que (tenho esta mer#&! de volta e) não posso comer chocolate. Sim, eu própria, cujo alimento preferido é chocolate, que precisa dele como de pão para a boca, que tem um vício assumido. Acabou-se. E que coisa mai' linda para o dia dos namorados, digam lá!

(Já agora, namorem muito! Mas não comam chocolates, faz mal aos dentes)

2 Coisas dos outros

  1. E à cara, pelos vistos!
    Que consigas resistir e que essa coisa te abandone rapidamente!

    ResponderEliminar
  2. Há coisas que podiam nunca existir, certo? Que mania de haver doenças para tudo e mais alguma coisa! Uma pessoa quer é andar em paz e sossego e vai-se a ver, tem estas "surpresas"!

    ResponderEliminar