Dilemas de Agosto

Estou entre "próximas duas semanas passem a correr" e "duas semanas seguintes vão com muita calma" e até eu percebo o pouco sentido que isto faz. Podíamos falar sobre a teoria da relatividade, que explicava melhor a coisa.

Mas no fundo é isto - tempo, passa relativamente rápido até irmos de férias e não passes relativamente assim que começaram. Não é um acordo assim tão mau pois não?

Isto para dizer que faltam menos de duas semanas para as férias e que contamos os dias. Mas quando chegar o primeiro dia, deixamos o relógio em casa para o tempo de sermos felizes não acabar.

1 Coisas dos outros

  1. Férias e relógio não combinam :) Se bem que com uma filha pequena connosco, há que ter relógio para as refeições. Essa é a grande diferença!

    ResponderEliminar