Domingo de neura dá segunda-feira de super neura e segunda-feira de super neura nem queiram saber o que dá

Não gosto de domingos. Pronto, já disse.
O homem diz-me que são bem melhores que as segundas mas nem sei se acredito. Não gosto, pronto.

Este último em particular.
Estava com especial neura, tão irritada com não sei o quê. Fizemos planos de coisas várias e não fizemos coisa nenhuma. À domingo.

Saimos de casa já passava das sete, para uma voltinha a pé. Demos de caras com o Meo Out Jazz e foi uma lufada de ar fresco. Um bom fim de tarde.

A C. acordou umas quatro vezes de noite, pouco dormi, e na manhã seguinte o pior momento deste modo de vida - levar o P. ao aeroporto, terminal de partidas. Não gosto. Não quero. Pior esta segunda que todos os domingos.

A parte menos má, só faltam três semanas para a próxima vez.

1 Coisas dos outros

  1. Houve uma altura em que chegava ao final do dia, ao domingo, e eu ficava insuportável! Só de pensar que no dia seguinte era segunda, já me dava uma coisinha. Depois, com o tempo, fui percebendo que não adiantava de nada tanto azedume nessa altura do fim de semana. Agora tento nem pensar que é domingo à noite e no dia seguinte, tudo volta ao que era.

    ResponderEliminar