Christmas time



No fim-de-semana passado fiz a lista do Natal 2015. No fundo a lista das pessoas mesmo, mesmo especiais da minha vida, a quem tenho o enorme gosto de oferecer um miminho.

Aqui está para mim grande parte da magia do Natal, pensar com um carinho enorme naqueles de quem mais gostamos, escolher com cuidado e atenção uma lembrancinha especial, só para os lembrarmos como gostamos deles. 

Sem que isto tenha alguma coisa a ver com consumismo, gastar, com gastar, implica obviamente algumas compras. Tivesse eu jeito para as artes manuais e a coisa cantava de outra forma. Não tendo, pus pés ao caminho e ontem dei um salto a duas lojas de comércio local (onde desde sempre preferimos fazer as nossas compras) para uns miminhos para três amigas. Pelo caminho trouxe a coisa mais fofa para o bebé D., que já fez dois meses, e mais uma vez, convém dizê-lo, adoro o Natal!

2 Coisas dos outros